Por Ana Karine Pereira* A eletricidade possui atualmente um papel de extrema importância na oferta total de energia no Brasil, correspondendo, em 2010, a 17.2% da oferta de energia no país (PDE 2019). A principal fonte de produção de eletricidade é proveniente de usinas hidrelétricas, que foi responsável, em 2005, por 83.4% da geração de eletricidade (Souza, 2008). O grande papel da eletricidade, particularmente da hidroeletricidade, na oferta de energia brasileira é explicado pelo planejamento governamental, que, nas últimas décadas, tem dado ênfase a essa fonte de energia. Apesar do governo ter implementado nas últimas décadas um programa de expansão do número de hidrelétricas, o Brasil utiliza menos de 30% do seu potencial, o que faz com que essa fonte de energia continue sendo prioridade para os planejamentos futuros de expansão da oferta energética nacional. O grande problema é que a maior parte do potencial não explorado se situa na Amazônia, o que tem transformado a região na nova fronteira energética do país.
Página 2 de 2